Nothingness

noth•ing•ness (nŭth′ĭng-nĭs, ˈnʌθ ɪŋ nɪs)
noun.

1. the state or condition of being nothing; nonexistence
2. empty or unfilled space; lack of being
3. absence of consciousness or life
4. complete insignificance or worthlessness
5. something that is worthless or insignificant

 

na·da

Como pode nada ser tanto?

O vazio ocupa espaço. Começa a crescer dentro de ti e depois extravasa-te, envolve-te e enche a sala que antes era ocupada por ti apenas. Mas o vazio pode também dar-te espaço.

O vazio rouba tempo. Cola-se aos ponteiros do relógio, arrastando as horas, tornando-as mais longas, e depois mais curtas, numa dimensão difícil de explicar. Mas o vazio pode também dar-te tempo.

O vazio gasta energia. Pode ser tão espaçoso e peganhento que requer maior consumo de energia, impedindo-te de ser o sistema eficiente que poderias ser. Mas o vazio pode também pode devolver-te energia.

Como pode o nada ser tanto? É incrível a quantidade de things que cabem em nothing. Tira tempo para desfrutar do vazio, antes de enchê-lo com toda essa carga.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Latest posts

Bright

bright (braɪt) adjective. 1. full of light;

FOMO

FO·MO (fō′mō) acronym. 1. an

Resignify

res·sig·ni·fi·car (re- + significar) verbo. 1. dar um outro ou um novo significado

Happenstance

hap·pen·stance (hăp′ən-stăns′ or ˈhæp ənˌstæns)

Leisure

lei·sure (ˈlɛʒə; ˈliːʒər) noun. 1. free time

Follow us on Facebook

Whispers TEA

Every week a new word, in a message from us, like a whisper in your ear.

Subscreve a nossa newsletter