Fake friends or lovers? Hum… it doesn’t seem to be any romance around, so they are certainly false friends.

Estas duas palavras são facilmente confundidas na oralidade, principalmente quando utilizadas por um native-speaker que fale rápido. Mas, na realidade, elas não são verdadeiras homófonas, pois existe uma diferença (subtil) na pronúncia: a primeira sílaba é mais aberta em “accept” (ăk-sĕpt′) e mais fechada em “except” (ĭk-sĕpt′).

De resto, os seus significados nada têm nada a ver um com o outro, podendo até ser considerados opostos. It’s the difference between:

Portanto, esta relação não passa de um mito, é uma daquelas inventadas pelas “revistas cor-de-rosa”. De qualquer forma, sendo um casal ou não, “accept & except” formam um par mediático, com direito a muitas referências pela Internet. A maior parte delas é em Inglês, o que os torna mundialmente famosos.

Um pouco de prática ajudará certamente a clarificar este falso romance.

Deixar comentário