Mistake

mis·take (mĭ-stāk′ or mɪˈsteɪk)
noun.

 

1. an error or fault in action, opinion or judgment
2. a misconception or misunderstanding

 

er·ro

o que fazer com o erro?

 

Eu cometo muitos erros. Todos os dias. Uns são grandes, outros muito grandes, e alguns mais pequenos. Todos os meus erros me fizeram perder alguma coisa – em muitos casos, dinheiro, tempo, oportunidades e até pessoas.

 

Este ano cometi imensos erros. Ou talvez tenha estado mais consciente deles, e por isso me pareceram mais. E apesar de ter perdido sempre alguma coisa em cada um, todos eles me trouxeram algo também: a oportunidade de aprender. E isso eu ganhei.

 

Longe de mim querer romantizar o erro, até porque alguns podem ter consequências desastrosas. Mas, da mesma forma, porquê diabolizá-lo? Eu cometo, tu cometes, todos nós cometemos erros. E no entanto ficamos horrorizados de cada vez que alguém o faz.

 

Em português, a palavra errar vem do latim errare para indicar vaguear, ou seja, andar ao acaso, caminhar meio sem destino. Em inglês, a palavra mistake – como todas as palavras com o prefixo “mis” – indica apenas que é um “take” com uma falha. Um erro é isso: algo feito com falha quando não sabemos o suficiente para fazer melhor. Talvez porque o caminho esteja vago.

 

Isso não é nem precisa de ser punível, precisa de ser corrigível. Depois de cometer o erro, sabes fazer melhor.

 

Custa a crer que alguém erre por querer. Podendo escolher, todos escolheríamos não cometer erros. Mas já que os cometemos, porque não olhar para eles e ver as lições e oportunidades que nos trazem para fazer melhor?

 

Read this article in English here.

3 respostas

  1. Um prospero 2022 ao The English Affair.

    Obrigada Yonara pelo texto, que bem que escreves 🙂

    Até há bem pouco tempo, estive numa discussão de algo que foi introduzido ao debate que é o seguinte: passamos a vida a ouvir, a ler e mesmo a aceitar que “errar é humano”. E se nos for dito que errar, afinal, não é humano!?

    1. Obrigada por seguires e leres, dear Cadija!

      Se nos disserem que errar não é humano, devemos contradizer isso. Não através de mais erros mas através da aprendizagem que esses erros nos trazem. Fomos ensinados de que o erro é para se evitar, é uma relação que precisamos curar e tornar saudável.

      Hug,
      Yonara

Responder a Wilson Semedo da Silva Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Recentes

Mistake

mis·take (mĭ-stāk′ or mɪˈsteɪk) noun.

Segue-nos no Facebook

Whispers TEA

Todos os meses uma palavra nova, numa mensagem nossa, como um sussurro ao ouvido.

Subscreve a nossa newsletter

×