Nothingness

noth•ing•ness (nŭth′ĭng-nĭs, ˈnʌθ ɪŋ nɪs) noun. 1. the state or condition of being nothing; nonexistence 2. empty or unfilled space; lack of being 3. absence of consciousness or life 4. complete insignificance or worthlessness 5. something that is worthless or insignificant   na·da Como pode nada ser tanto? O vazio ocupa espaço. Começa a crescer dentro de ti e depois extravasa-te, envolve-te e enche a sala que antes era ocupada por ti apenas. Mas o […]

Turva

blurred (blɜːd)  adjective. indistinct or hazy in outline; unclear in form or expression   turvo(a)   Read this article in English here.   Blurred é o que a vida é. A maior parte do tempo. Contrariando o nosso desejo de clareza. E temos que seguir caminhando, sempre, mesmo especialmente quando as coisas ficam turvas. Porque de alguma forma, em […]

Ar

air (ɛər)  noun. 1. The atmosphere. A colourless, odourless and tasteless gaseous mixture, mainly nitrogen and oxygen that surrounds the earth. 2. An atmospheric movement; a light breeze. 3. The sky.  ar Consegues pensar numa palavra mais simples do que “ar”? É tão leve e sem esforço que se confunde com o próprio significado. E faz-nos querer repeti-lo uma vez e outra, todo o dia, mil vezes se necessário: ar… ar… ar… […]

Cidadão do mundo

globe•trot•ter (ˈgloʊbˌtrɒt ər)  noun. A person who travels often and widely to countries all over the world. cos·mo·po·li·ta Gosto muito da expressão cidadão do mundo. Gosto mais ainda da expressão globetrotter. E como eu gostaria que uma fosse a tradução da outra. Mas não. O dicionário frequentemente prefere traduzir “globetrotter” como “cosmopolita”, talvez pelo respeito devido ao nosso querido grego kosmos. Viajante. Andante. Caminhante. Penso […]